Novos Olhos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A história nos concebe
Os motivos pelos quais somos e estamos
Porém o que não percebemos
É que de uma única fonte ela bebe

Verdade absoluta, um só ponto de vista
Revolução francesa, industrial e científica
Descobrimento, colonização e expansão
Mas outras histórias, nenhuma pista

Em que ponto começa a nossa nação
Quando começou a ser habitada? (por gente daqui)
Ou quando foi “descoberta”? (por homens de lá)
Ninguém responde essa questão

Quem é dono da terra? Quem é?
Quem é dono do planeta?
De onde vêm a história, porém?
Quem é dono da caneta?

Sempre em busca de riqueza
Usurparam culturas originais
Dizimadas choram por seu lar,
Seus filhos, mas nunca com fraqueza.

O novo mundo é novo pra quem?
O velho mundo é velho pra quem?


“Em livros de história que só me contam dos homens que gritaram terra e nunca da tribo que gritou barco; descubro que pertenço a um país que não me pertence, FRANCAMENTE.”


Autor(es): Ronaldo Lima