Visão Moral

O Baque É Loko

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Lembrei dos baque loko que eu levei dessa vida
Sonhando com dinheiro, um audi todo cinza
Sonhando em morar num condomínio de luxo
De oitão na cintura, um zenith no pulso
Absurdo pro gambé que veio me parar
Pega o rg, puxa o dvc, vamos averiguar
Você já assinou o 12, também o 157
É eskadinha, aqui ninguém te esquece
Mas aí senhor, eu quero que fique bem claro
Cumpri minha cota, hoje sou revolucionário
Longe do sistema carcerário vou subir no pódio
Gambé tentando entrar no meu psicológico
Vai, dá licença, eu tenho que seguir em frente
Vejo no meio da rua uma pá de gente
Será que hoje tem movimento na cidade
Chego perto pra vê, é só mais um tendo ataque
Só de imaginar que eu já passei por essa situação
E hoje eu tô aqui, tendo um pouco de compaixão

O baque é loko... O baque... O baque é loko... O baque

Parei em frente ao banco do brasil, fiquei olhando
Dia de pagamento uma pá de pessoa ali moscando
Sentado no banco do jardim eu vi uma reação
4 Malucos entra pra dentro com fuzil na mão
Eu lembro de tempos atrás, eu tava ali no meio
Fazendo de refém uma pá ficar de joelho
Eu sei, é foda tio quando se passa mó veneno
Desempregado, sem dinheiro, a solução é isso mesmo
Um sentimento de revolta cresce a cada dia
De que valeu roubar os ouros da joalheria
E hoje eu paro penso e reflito um minuto
Quantas mães por aqui eu fiz ficar de luto
As algemas no pulso, o rosto do juíz
Olhando pra minha cara com maldade, infeliz
Sentindo na boca o gosto amargo do fel
Mais um ladrão a procura da liberdade olha pro céu
Só de imaginar que eu já passei por essa situação
E hoje eu tô aqui, tendo um pouco de compaixão

O baque é loko... O baque... O baque é loko... O baque

Não dá pra acreditar que uma pá de moleque se envolve
No meio da rua caminhando com uma glock
É foda louco, eu já passei por essa situação
Batendo de frente com a porra desse mundão
Não vou culpar nenhum irmão, foi eu quem quis entrar
Não foi por más influências, eu que não quis pensar
Agora já é tarde, tô em coma no hospital
Todo entubado em estado grave, tô mal
Normal foi pro crime, mas pra família a tristeza
De que adiantou sonhar, correr atrás de riqueza
Mesmo longe do crime os gambé me perseguiu
Vamos sentar o aço, sorte que ele resistiu
Agora desentubado, sem aparelho posso respirar
Lembrei dos baque loko que essa vida sempre nos dá
Agora embaçou, porque me deram essa notícia
É só mais um irmão metralhado pela policia
Só de imaginar que eu já passei por essa situação
E hoje eu tô aqui, tendo um pouco de compaixão

O baque é loko... O baque... O baque é loko... O baque


Autor(es): Visão Moral

Canciones más vistas de

Visão Moral en Septiembre