O Caipira e a Grã-Fina

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Um caipira chegou na cidade
Montado num burro de raça
Animal que valia milhões
E foi dar uma volta na praça

Bem em frente de um restaurante
Parou pra tomar uma cachaça
Ele viu naquele ambiente
Uma moça grã-fina e ricaça

A grã-fina era linda demais
Parecia um anjo encantado
O caipira chegou perto dela
E lhe disse bastante afobado

Senhorita eu peço desculpa
Por você fiquei apaixonado
Eu seria um homem feliz
Se eu fosse o seu namorado

A grã-fina falou pro caipira
O senhor está muito enganado
Eu sou filha de gente de classe
Tenho muito dinheiro guardado

E você é um caboclo da roça
Vive sujo sempre mal trajado
Para mim o senhor nunca passa
De um simples caipira atrasado

Senhorita eu peço desculpa
Sou caipira e nunca estudei
Trabalhando com fé e coragem
Minha grande fortuna ganhei

Tenho quatro fazendas em Minas
Muitos burros também já amansei
Mas um coice igual da senhora
Francamente eu nunca levei


Autor(es): Nestor

Las canciones más vistas de