O Colorido da Casa

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Essa casca que guarda e esconde
As travessuras da vida
Querida
Armários e móveis
E várias pinturas
Distinguem calados as cores do amor

Vislumbrando no cinza da noite
Onde o encanto dos corpos e a emoção
Se transformam em lentes sensíveis
Deixando então
Que se tenha a visão
Daquilo que muitas vezes
Somente precisa da nossa imaginação

Que coisa estranha e complicada
Um filme passando ali de madrugada

Mas por favor não acenda a luz
Acendeu...
Ah! Que pena...
Agora não podemos mais ver essa cena

O complicado que esse colorido tem
Só podemos ver com a luz apagada
Então apague a luz
Porque já é madrugada


Autor(es): João Prista / Marcelo Coutinho

Canciones más vistas de

João Prista en Enero