O Correr da Vida Embrulha Tudo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O correr da vida embrulha tudo
Transforma a literatura num saco de pão
E então choveu
Melhor ficar em casa
E então choveu

E toda chuva nasce prometendo a estiagem
E só o tempo faz a lapa abrir e permitir passagem

Guarda teu sonho moça, espera
Um sonho nunca se desfaz na primeira primavera
Se agora o balão voa sem vento
Dê o tempo, dê o tempo
Dê o tempo

O correr da vida embrulha tudo
Transforma a mais bela música num ringtone
Mas ninguem te vê
Pouco importa a oportunidade do mp3
Mas ninguem tê vê

Mas alma da canção resiste tolerante ao formato
E hão de encontrar a arte que insiste em ser verdade

Guarda teu som moço, espera
Um som nunca se desfaz na primeira primavera
Se agora o balão voa sem vento
Dê o tempo,
Dê o tempo
Dê o tempo


Autor(es): Bernardo Do Espinhaço

Las canciones más vistas de