O Dono do Chão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Proprietário:Pra aquele que é trabalhador

(canta)Eu sou o protetor
Se a ferramenta eu mesmo dou
Posso cobrar a produção
Pra povoar a região
Também empresto o meu vigor
Sendo eu o dono desse chão
Quero o maior quinhão

FaladoCasar, casar!

(sobre música)E aumentar a população!
Precisamos de mão de obra

Num país em construção.
Em toda essa região não se chega
A dois braços por légua de extensão.
Tanta terra sem proveito,
Sem render fruto ou tributo,
Até dói no coração.
Casar, casar! E ter muitos filhos.
Que a todos eu garanto
Um futuro assegurado.
Uma enxada e um arado!

(Canta)De toda a lei que se criou
Eu sou respeitador
E assim farei cumprir a lei
É meu dever como senhor
Nem que precise usar a força
Desse poder não abro mão
Pois tenho que manter a paz
Contra a subversão!

Las canciones más vistas de

Carlos Lyra en Noviembre