Oi do Mal Irremediável

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A morte veio dar a boa nova
Eu já abri sua cova
Vem, vem se deitar

Eu disse agora não dá,
Não é nada contra você
Pra mim seria um prazer
Mas hoje tem novela nova na tevê

Ah, vem cá, chega aí
Ah, vem cá, vem pra mim

Tudo bem, eu espero
A novela acabar
Mas depois eu te levo pra lá
Me chama que eu não vou
Esquece quem eu sou

A tal da morte sempre na minha cola
Nunca marca hora
Vem sem avisar

Não quero, gata, te magoar
Mas eu já tenho alguém
Se eu for contigo, amém
Essa paixão é sacanagem com meu

Ah, sou melhor que essa aí
Ah, vem cá, vem pra mim

Se eu não posso te ter,
Te abraçar nem te ver
Me dá um beijo que eu esqueço você
Me chama que eu não vou

Não chama que eu não vou
Esquece quem eu sou
Não chama que eu não vou
Esquece quem eu sou
Não chama que eu não vou
Esquece quem eu sou
Não chama que eu não vou
Esquece quem eu sou

Não chama que eu não vou
Não chama que eu não vou
Esquece quem eu sou


Autor(es): Móveis Coloniais De Acaju

Canciones más vistas de