Ayam Ubráis Barco

O Mealheiro e a Mordaça

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Finge que não se vê
Quando se quer enganar
Quando se quer insistir em se calar
Pra ter que dar o fora
Ao menos resistir
Prefere ajoelhar
Dar boa noite e dormir
Entre as migalhas
Entre os restos de esmola

Quem foi que esqueceu?
De quem não se rendeu, de quem não desistiu, de quem não se entregou
De quem não se traiu e nem depositou
A consciência
No mealheiro

Sabe pra onde ir
Mas não quer mais tentar
Convém decerto iludir
E se aliar com a velha derrota
Se não pode mais cair
Tá pronto pra se enterrar
Sob os escombros de si
Até não mais sobrar
Um só caco a salvar

Por que foi que esqueceu?
De quem não se rendeu, de quem não desistiu, de quem não se entregou
De quem não se traiu e nem depositou
A consciência
No mealheiro


Autor(es): Ayam Ubráis Barco

Canciones más vistas de