O Sapo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O sapo
Tem o sangue geladinho
É por isso que o bichinho
Não sente frio
O sapo
Sabe dar seus pulinhos
Vive escondidinho
Na beira do rio

O sapo
É mansinho e discreto
Mesmo quando o desafeto
Lhe atormenta
Ele não esquenta
Vai saindo de perto
À procura de inseto
De que se alimenta

Olhe o sapo, deixe o sapo
Não maltrate o sapinho
Veja só a utilidade
Que tem esse animalzinho
Onde tem umidade
Ele fica quietinho
Quer oportunidade
Pra comer uns bichinhos
Ele come besouro
Mosquito saúva
E canta em coro
Quando vem a chuva


Autor(es): Elino Julião / Gomes De Melo

Las canciones más vistas de

Elino Julião en Octubre