Onde o Meu Coração Se Deixou Levar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vinte e uma estrelas gravadas no peito
Com todo respeito
Meu nome é Portela
A Majestade, celeiro de bambas!
Cantando a Capital do Samba

Lá… Onde o samba faz morada
Lá… Encontrei o meu lugar
Um manto azul e branco em fantasia
Riscando todo o chão de poesia
Por tão rara beleza o meu coração
Se deixou levar

Viajo pelos trilhos do passado
De novo o coração bate apressado
Lembrando a minha escola a desfilar
E o povo a cantar
Naquela batucada brasileira
De Paulo Benjamim de Oliveira
Ao longe ouço o som de um tambor
Quando alguém anunciou

Madureira… Num jardim de poesia a fina flor
Dos malandros e mulatas
Do Mercado à boêmia
A minha eterna mania de amor
Teatro, cinema
Tem jongo á luz do luar
Bom futebol, cerveja no bar

Um charme pra gente dançar
Na fé dos meus Orixás
Seguindo caminhos de paz
De um povo que tem a alma guerreira
E leva o samba na veia
Império de poetas imortais
Não posso conter a emoção
Orgulho que sinto ao pisar nesse chão
Ah meu lugar! difícil é saber terminar


Autor(es): Celso Lopes / Charles Braga / Fadico / Flávio Viana / Neyzinho Do Cavaco

Canciones más vistas de

Wander Pires en Febrero