Anchieta Dali

Outra Metade

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Modas não me dizem flores
Nem virtudes
Peco pelos desatinos
Que a vida nos urde
Calos pelos pés
E pelas mãos
Mas não calo o que arde
Na contra mão de um homem
Há sempre outra metade
Meninos conduzindo sonhos
Destino carregando fardos
A parte que lhe dói
É a mesma que me parte
Você me faz em dois
Mas não me fere a arte
Pois sei que todas as manhãs
São primogênitas das tardes
É como se amar
Fosse questão de sorte
Desafiando a dor
Para sentir-se forte
Aprimorando o riso
Pra não temer a morte
O tempo bom passou pra nós
Distinto e sem alarde
Espero sim que me perdoe
Por ter chegado tarde


Autor(es): Anchieta Dali