Jane Duboc

O Nosso Olhar / Duas Contas / Ilusão à Toa

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Viu quanta coisa linda
Você e eu sentimos sob esse luar
Dentro do silêncio
Que a noite fazia pelo nosso amor
Viu como os nossos olhos
Foram se entregando
E se integraram na linguagem pura
Que os olhos ditam pelo coração
Viu como o mundo inteiro ficou pequeno
E em nossas mãos virou veneno
Que a noite bebeu
Pelo nosso amor
Viu como basta pouco para amar-se muito
Um luar bonito
Uma noite quieta
E o olhar tão puro desse nosso olhar

Teus olhos são duas contas pequeninas
Qual duas pedras preciosas
Que brilham mais que o luar
São eles guias do meu caminho escuro
Cheio de desilusão e dor
Quisera que eles soubessem
O que representam pra mim
Fazendo que eu prossiga feliz
Ai, amor
A luz dos teus olhos

Olha
Somente um dia longe dos teus olhos
Trouxe a saudade do amor tão perto
E o mundo inteiro fez-se tão tristonho
Mas embora eu te tenha perto
Eu acho graça do meu pensamento
A conduzir o nosso amor discreto
Sim, amor discreto pra uma só pessoa
Pois nem de leve sabes que eu te quero
E me apraz essa ilusão à toa


Autor(es): Garoto / Johnny Alf / Sérgio Ricardo