Pajé

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meço
E não me impeço
Que a incerteza é uma
Invenção
Que se desfaz no caminhar

Penso
Me reinvento
Que a vida é chão em
Construção
Só de pensar já posso andar

A pé
E até
E até que eu seja um pajé
De mim e enfim
E a fé transborde pelas mãos
De chão em chão
Semeio as tardes

Quero
E como eu quero
E por querer já sou feliz
Vontade é um bom lugar

Eu sempre vou ouvir
A noite estrelada
Do céu de uma barraca
Chamando-me a existir


Autor(es): Bernardo Do Espinhaço

Las canciones más vistas de