Palavras Ao Vento

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Estátuas de mármore
Paredes riscadas
Vida selvagem
Um corpo sem alma

A lágrima que cai
Não é verdadeira

A rosa que nasce
Portanto semeia
Espinhos que ferem
Uma vida inteira

A lágrima que cai
Não é verdadeira

Um corpo ferido
Uma vida em risco
Teu vício esquecido
Em meio ao vão

A lágrima que cai
Não é verdadeira

Com a solidão
Sem compaixão
Com teu mundo perdido
Com teu mundo perdido

A lágrima que cai
Não é verdadeira


Autor(es): Paulinho

Canciones más vistas de

The Dark en Enero