Saulo Duarte e a Unidade

Onze Horas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Estou cansado quero entregar meu coração para alguém
Não pense que por isso vai fazer o quer de mim
Só você sabe o meu sofrimento
E se eu invento um mundo novo é pra você colorir
Com as cores desse amor que me transborda enfim

Entenda agora que se chove lá fora
Eu quero ser o silêncio pra você dormir
E se vai, se o amor se esvai
Não quero estar na hora, vamos fugir
Eu te espero as onze horas
Meu amor venha depressa

Estou cansado quero entregar meu coração para alguém
Não pense que por isso vai fazer o quer de mim
Só você sabe o meu sofrimento
E se eu invento um mundo novo é pra você colorir
Com as cores desse amor que me transborda enfim

Entenda agora que se chove lá fora
Eu quero ser o silêncio pra você dormir
E se vai, se o amor se esvai
Não quero estar na hora, vamos fugir
Eu te espero as onze horas
Meu amor venha depressa

Você não sabe que eu seria capaz de fazer por você
De fazer
Por você
Você não sabe que eu seria capaz de fazer por você
De fazer
Por você
Você não sabe que eu seria capaz de fazer por você
De fazer
Por você
E se eu te peço aperriado pra você me esquecer
Não me esqueça

Entenda agora que se chove lá fora
Eu quero ser o silêncio pra você dormir
E se vai, se o amor se esvai
Não quero estar na hora, vamos fugir
Eu te espero as onze horas
Rua da felicidade

Canciones más vistas de