O Oitavo Dia

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Luzes que se vão
culpas que elevarão a compaixão, a vitória maciça do superficial cinza como o mar negro como a nossa história e deus agora pode descansar.

A liberdade que você perdeu a prisão em que eu me tranquei e no dia em que formos nos indignar talvez não haja mais o que salvar.

Verde com o chão, cinza a nova resolução, lá de fora eu vejo a tempestade
Olhos para o céu, sem fé, os valores que não colheu o oitavo dia, dia de se importar

A liberdade que você perdeu a prisão em que eu me tranquei e no dia em que formos nos indignar talvez não haja mais o que salvar

a integridade que você vendeu a visao que você perdeu e no dia em que formos nos perguntar talvez nao haja mais o que salvar

A liberdade que você perdeu e no dia em que formos nos indignar talvez não haja mais o que salvar

Canciones más vistas de

Debutantes 99 en Julio