Oriente Amazônico

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Imaginação ardente
É, no coração da noite
Cimitarra do Oriente
A lua nos aguaçais
Caravana de odores
Desvario dos casais
As senhoras, os senhores
Assim amam nossos pais

Um casal de levantinos
Nas chuvas torrenciais
Lavava seus desatinos
Entre gemidos e ais
Casal vindo das montanhas
Para a terra dos tajás
Alifebatas estranhas
Escritas nos biribás

No paraíso de Milton
Localizado em Manaus
Ouvi ciclone de risos
Nos tapetes e peraus
Fazer a lua de mel
Chegar no sétimo céu
Amazonense esplendor
Pois foi mamãe quem me disse
Que perdura na velhice
O mel do maior amor

Esses estranhos amantes
Depois de seus afazeres
São corpos resfolegantes
Numa festa de prazeres
A paixão mediterrânea
Tem odor de graviola
Amar nunca é extravagância
Narguilé que nos consola

Amar sempre repercute
No mais profundo da gente
Vem de Trípoli, Beirute
Chega no Brasil mais quente
Qualquer idade ou cidade
Igarapé ou deserto
É Lua de ramadã
Cristã, coração aberto!


Autor(es): Caio Junqueira Maciel / Zebeto Corrêa

Canciones más vistas de

Zebeto Corrêa en Febrero