Solano Jacob

O Santuário da Família

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


A Babilônia ela mata e retira
Ela destrói, ela destrói a família
A Babilônia ela mata e retira
Ela não tem pena nem das suas filhas
A Babilônia ela mata e retira
Ela destrói, ela destrói a família
A Babilônia ela mata e retira
Queima a orgia, queima a sodomia

Venha ser minha esposa
Pro sagrado santuário da família
Me ame vamos me ame agora
Por inteiro eu me entrego a toda hora

Venha ser minha esposa
Pro sagrado santuário da família
Me ame vamos me ame agora
Como uma rainha eu lhe trato a toda hora

A cena é a mesma nos jornais
As separações são as rotinas dos casais
Se não se pode suportar então porque juntar?
Porque criar crianças sem lar?

A gaveta onde se jogam os sentimentos
Dificil é assumir a falta de respeito
O ser humano não tem jeito
Noventa por cento pulam de cerca mesmo
A judgment

Eu sou um homem com instinto para amar
Significa nunca pedir sempre doar
Se você quer duas léguas pra andar
Chame-me de madrugada duas léguas
Em Selassie I man a walk

Em Jah é meu refúgio
Sua palavra tem poder para mudar o mundo
Eu não me confundo
De mulher ninguém faz uso, não é produto
Não há como fugir
Compre uma cerveja e espere uma loira surgir
Então você abusa
E depois descarta, pois quanto é que vale essa cilada?

Promover a família unida
Nada vai balançar minha vida
Não quero ouro, não quero ser tolo
Família, ela nunca termina

Promover a família unida
Diga isso às suas filhas
Não quero ouro, não quero ser tolo
Família, ela nunca termina


Autor(es): Dubalizer / Solano Jacob