Ataulfo Alves

Pavio da Verdade

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

pouco importa que me chame
de cruel e ate de infame
ou seja lá do que for...
é despeito eu compreendo...
o pior é andar dizendo
que já foi o meu amor
gente assim da sua especie
o desprezo é quem merece
como voçe mereceu
nao me lance desafio
voçe sabe que o pavio
da verdade tenho eu

do contrario qualquer dia
a sua biografia
voçe vai sair com nitidez
porque não é com lirismo
que se discreve o sinismo
de quem sabe o mal que fez
veja la se nao me obriga
a desfazer tanta intriga
e provar por a b
num puro e simples exame
quem ja fez papel infame
se fui eu ou foi voçe


Autor(es): Ataulfo Alves A Americo Seixas

Canciones más vistas de

Ataulfo Alves en Noviembre