O Vício

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Memórias de você, pra que fugir se não posso me esconder
Meu mundo deu voltas
Medo e razão na medida pra saber

Que ainda me ronda a sombra do meu vício

Quis parar pra não ter que sofrer mais
Era o fim! Mesmo assim não é plena a paz

Lembranças turvas, febris
Tempo que foi e que não me fez feliz
Um sopro de angústia me lembra a porta que não devo abrir

Que ainda me ronda, me assombra o vício

Quis parar pra não ter que sofrer mais
Era o fim! Mesmo assim não é plena a paz

Ainda me ronda a sombra do meu vício
Um monstro faminto, que não se satisfaz

Quis parar pra não ter que sofrer mais
Era o fim! Mesmo assim não é plena a minha paz

Quis parar pra não ter que sofrer mais
Era o fim! Mesmo assim não é plena a paz


Autor(es): Henrique Papatella / Joao Marcio