Padrões de Contato

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A juventude que ainda te resta
É a fresta, é a brecha onde escapulir
E o resto é o resto
Do lixo, da cinza
Da bagana apegada da ilusão
Porque eles querem que você se divirta
Eles querem que você não se perca
Eles querem que você se converta
Em normal
Normal demais como se deve agir
No mundo estreito em que você não cabe
Onde nada foi feito à sua semelhança
Ninguém te garante o dia de amanhã
Você já sabe como funciona
E até quando vai poder suportar
Eles querem que você admita
Você perdeu o jogo antes do jogo começar

A juventude que ainda te sobra
É a porta aberta onde escapulir
E o tempo é o tempo do piscar de olhos
Da primeira porrada da razão
Porque o contato as vezes repele
Intimidade demais intimida
Porque já era tempo de cuidar da sua vida
Vai, rapaz


Autor(es): Alex Madureira / Lucky Luciano / Lula Queiroga

Canciones más vistas de

Lula Queiroga en Enero