Pânico

Pânico Está No Ar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Certo dia o Bola e a morte
Viraram pra mim e falaram:
-"Hoje é o seu dia de sorte
Você vai pra Ilha de Cagas

Mas só como faxineira
Se não quiser ir não tem problema
Chamamos a Sabrina
Que também é muito maneira"

Aceitei na mesma hora
E minha mala fui arrumar
Fiqui muito feliz quando descobri
Que comigo ia o Vesgo e o Ceará

Com a viagem fiqui cansada
O Emílio me indicou uma pousada
Disse: -"Obrigada" e fui deitar
Pois no dia seguinte ia trabalhar

Acordei no dia seguinte
E era tudo brincadeira
Zé Fofinho me contou a verdade
Descobri que não era faxineira

Saímos para nos divertir
Percebi que o Carioca
Era muito boiola pessoalmente
E que a Amanda Jaburu
Era uma verdadeira demente

A múmia queria saber
Porque o Mendigo era tão imundo
Foi ai que percebi que o Mestre Fyoda
Era um 'E.T. de outro mundo'

Me apresentaram as Panicats
E também a Mulher Samambaia
Ela me contou um segredo:
Que o Clô só anda de saia

Passeando pela ilha
Encontri com o Quietinho
Escutei uns pios, perguntei o que era
Ele me disse que era o Pintinho

O Silvio era muito engraçado
O Estopa, esquisito
E o Anão era tão baixo
Do tamanho de um mosquito

O Carlos Caramujo era surdo
O Gluglu, muito insolente
O Japa bem baixinho
E sobre a virgindade o Senna
Não fala com a gente

Meu prazo acabou
Fui embora com o Seu Brito
Ele me levou
Fiqui trsite por ter ido
Pois lá do carro
Eu ainda ouvia os gritos

Lhes apresento no momento
A galera do Pânico
Eles é muitos legal
Por isso deles sou a maior fã
Pra mim eles é o maioral!