Paranóias do Coração

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não vou mentir pra mim mesmo
alguma coisa mudou
não sei dizer com certeza
será que tudo acabou.

Talvez eu esteja errado
e seja só impressão
quem sabe seja ciúmes
ou paranóias do coração.

Você chegou de repente
tão de repente se foi
que foi que houve com a gente
me telefona me diz um oi.

Eu sinto seu corpo bem junto ao meu corpo
eu vejo seu rosto na imensidão eu saio na chuva
eu choro com a chuva mas nada apaga essa paixão.
Me olho no espelho me sinto vazio solidão e tédio
me falta você será que no mundo existe um remédio
que faça esquecer.

Eu caminho pela casa
eu perco a lucidez
tento enganar minha mente
chamo seu nome outra vez.

Mas você nunca responde
me diz pra onde é que você foi
eu não to mais agüentando
me telefona me diz um oi.

Eu sinto seu corpo bem junto ao meu corpo
eu vejo seu rosto na imensidão eu saio na chuva
eu choro com a chuva mas nada apaga essa paixão.
Me olho no espelho me sinto vazio solidão e tédio
me falta você será que no mundo existe um remédio
que faça esquecer teu sorriso teu olhar pra onde vão
seus pés pra que eu possa caminhar com você


Autor(es): DEIVE SILVA

Canciones más vistas de

Deive Silva en Agosto