Magaivers

Pare!

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Centímetros ou metros
Dias ou meses
A distância parece não ter fim
Prometi a mim mesmo, eu jurei sobre o livro.
E não consegui cumprir

Cruzei meus dedos, entreguei minha sorte.
Esperando o melhor, eu não queria o pior.
Eu já perdi a conta, e as unhas dos dedos e não consegui dormir.

Parece mentira, mas é pura verdade.
Eu só queria estar aí

Cruzei meus dedos, entreguei minha sorte.
Esperando o melhor, eu não queria o pior.
Eu invejei, odiei, cobicei, esbanjei.
Só faltam 3 eu sei
Mas não queria o pior

Então pare, pare.
Deixe o seu junto ao meu
Pare, pare
Só você ainda não percebeu
Então pare, pare.
Deixe o seu junto ao meu
Pare, pare
Só você ainda não percebeu

Eu já sequei todos os vidros
E tomei todos antídotos
De nada adiantou
Embaralhei as cartas, risquei meu calendário.
E o ano já acabou

Cruzei meus dedos, entreguei minha sorte.
Esperando o melhor, eu não queria o pior.
Eu invejei, odiei, cobicei, esbanjei.
Só faltam 3 eu sei
Mas não queria o pior

Então pare, pare.
Deixe o seu junto ao meu
Pare, pare
Só você ainda não percebeu
Então pare, pare.
Deixe o seu junto ao meu
Pare, pare
Só você ainda não percebeu


Autor(es): Rodrigo Porco