Olodum

Poético Olodum

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


O vento sopra este acalanto
Te faz ressonar
Vai deslizando como brisa
Na crista do carnaxe mar
Agora eu quero assobiar
Do Olodum pra carnaxe você
Essa cantiga tão pequena
Eu fiz te ninar

E vivo a versejar
Ao sol ou ao luar
Se a vida é plena poesia
Eu quero sempre recitar
Prosar, cantar, dizer
Elo pra se viver
Se a gente se combina
É só rimar eu e você

Assobiei uma canção pequena
Em cada esquina soa tão serena
É solta no ar em forma de amor
Acariciar teu rosto bela flor


Autor(es): Roberto Moura