Mind Da Gap

Pasadelo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Eu tive um sonho d'um dia poder acordar sem ser a suar
Não acordar sobressaltado, ser preciso alguém me puxar
Da cama para fora, embora saiba que isso e impossível
Porque sou perseguido por esta imagem horrivel
Terrível, a forma como sou seguido por alguem
Para aqui, para ali, numa conspiração, é uma confusão
Quando me viro, oh não! Nao vejo ninguem!
São muitos os que me perseguem, todos com uma razão
A exterminação do meu ser e forma de pensar
Que tenho dentro de mim, sempre a palpitar
Acordo com suores frios, a escorrer cara abaixo
O termometro estoura na minha boca, estou encharcado
Como um cacho, revoltado, co'a ideia de nao saber
O que se passa comigo, que me esta a contecer

Pesadelo.

Vou ao psico, sentome, começo a conversar
Enquanto estou a falar, ouço vozes a murmurar
E quando olho para o homem, vejo no seu olhar
Uma satisfação enorme e a faca que me vai matar,
Ah! nao pode ser fujo caio pelas escadas
Gritos ecoam nos corredores, de pessoas assustadas
Quando sinto o meu corpo dormente, acordo logo no momento
Olho a minha volta e nao vejo nada diferente
E o meu quarto, as paredes, a aparelhagem e a cama
E o boneco, com um sorriso, como quem algo a esconder anda
Cá! Não fujas, penso eu, agarro-o, estou a falar
Com um peluche, nao acredito nisto que se esta a passar
É um pesadelo nao vou dormir com medo se sonhar
E ser morto enquanto durmo, sem poder acordar

Pesadelo.

Sou perseguido pelo sujeito social que esta mal
Se sente atingido pelo que digo sobre Portugal
E o resto do mundo, o planeta ta a ficar louco
Fecho os olhos tapo os ouvidos, estou mouco!
Não ouço as vozes que me chamam ao ouvido em segredo
As forças da sociedade que me puxam po degredo
De ser igual a toda a gente, nao querem ser diferentes
Acho que estou doente, sinto-me tao carente
De atenção! Nao tenho para quem me virar, com quem falar
Não tenho ninguem a quem os meus sonhos contar
Ninguém se acredita, toda a gente se ri de mim
Paranóico tens a mania da perseguição ah pois sim!
Ta tudo contra mim, eu sinto, nao minto
Querem-me transformar num viciado em absinto
Em droga, na mentira, crueldade, na maldade
Racismo fascismo, hipocrisia, não tenho saudade
Nem posso ter!nunca fui, juro que nunca hei-de ser
Ou fazer

Junto cós mind da gap tenho algo a dizer:

Junto cós mind da gap tenho algo a dizer:

Junto cós mind da gap tenho algo a dizer:

Quem tem medo de nós, vão-se todos foder

Pesadelo.

Canciones más vistas de

Mind Da Gap en Octubre