Fagner

Pássaros Urbanos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Teu rosto anda perdido num romance mais antigo
E até hoje eu acredito que eu vou te encontrar
Se eu fosse um passarinho, faria um novo ninho em teu olhar

Na voz dos seus amigos já cantei meus improvisos
Qualquer um pode entender o que eu nem sei cantar
Seguir teus olhos turvos meus devaneios curvos pelo ar

Eu sei que existe um Deus e um diabo triste
Para cada sonhador
Além dos versos meus, ainda existe alguém
Mais triste do que eu

Na praça entorpecida entre as lágrimas da vida
Pobres pássaros urbanos cansam de cantar
É que a cidade ruge e os versos são difíceis de escutar

Eu sei que existe um Deus e um diabo triste
Para cada sonhador
Além dos versos meus ainda existe alguém
Mais triste do que eu
Alguém mais triste do que eu