Lucas Kallango

Pchora

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sabe aquelas vezes que falei de amores?
Passados, hoje eternos que nem vento sopra?
Me desculpa eu tava enganado! O amor é hoje, agora, é o que nós chamamos
De a chance de se dar melhor com essa pessoa bem do nosso lado!
Tomava coca, pão com calabresa, naquela mesa um confessionário
De medo de fantasmas do passado, de amores encravados na cabeça de um pobre calvo
Como eu, da foto 3x4 que ela te deu
Bem no sábado te vi, falando sério te sorri, já não existem mais fantasmas do passado
E outra vez você lembrou e na caverna viajou do mundo vivo pro passado
José volta ao mundo dos mortais! Não tenho mais o telefone, do passado
Desliguei o plug do teu cabeção
Mais uma gelada e estou só, não me acorde estou na Jamaica
Os cigarros tão virando a fita do teu cabeção, do meu cabeção

Canciones más vistas de