Pecados

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mergulho no caos, me denuncio estou de volta
Talvez não devesse estar
Eu tenho medo das nuvens de chumbo elas podem me cegar

Corvos vela corpos que os lobos comeram
Mal sabem também que estão apodrecendo
E não vão me levar junto não

Não me perguntem motivos eu não sei porque falo assim
Eu nem sei dizer o que será de mim

Manhãs de sol podem ser aterradoras
Se não tiver cara pra fingir que a vida é boa
Me refugio na noite, em pesadelos
Saiba o que sinto, pense em desespero

Dos poros veneno
Metralho, falho e me assusto. Não tenho pra dar
Sinuosa, longa noite quer me levar

Melhores, piores, iguais invejo
Um naufrágio na lamavou surfando no brejo
Um marco sem importâncis

Canto no escurode vergonha e preguiça
Confesso então, guloso. O que nutra a tensão

Do morbidez minha inspiração
E até o final quero amarga essa visão
Tente adivinhar bola de cristal
Quer saber como me sinto, eu me sinto mal