Potro Saudade

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Flores do campo alambram saudades
Daquela estampa pacholenta de trotear
Ficaram rastros lá na mangueira
Lida campeira dia a dia falquejar
Lá noutra estância tens outra vida
Tem cavalhadas pra mil campos trotear
Não tem mangueira não tem porteiras
Não há tristeza nem fronteiras pelo ar
(porque as estrelas te acobertam la no céu
Nuvens brancas feito um véu se empoeiram ao galopear
Sem alambrados sem encilhas nem buçal
Prenunciam 0 temporal num repente a corcovear)

Canciones más vistas de

Grupo Rodeio en Enero