Praga

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu quero te ver sem ter nada
Roendo calçada, dormindo no chão
Eu hei de te ver todo rasgado
Em minha porta ajoelhado
Implorando o meu perdão
Então ficarei sem vingança
De tanta pancada
Meu Deus que horror
E quando voltavas do distrito
Por ter feito algum conflito
Em favor do nosso amor
Se tu não vieres
Por causa de outras mulheres
Eu irei lhe buscar
Na nossa casa lá no morro
Nego peste vagabundo
Meu mulato do outro mundo
Por você eu quase morro

Canciones más vistas de