Pra um Moleque

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pra um moleque é bastante
O barbante,
Gancho, couro e elástico, meu nego,
Nó cego,
A pontaria certeira
O alvo, a atiradeira.

Pra um moleque é maneiro
Um coleiro,
Gaiola, roça de milho, irmão,
O alçapão,
Os pés descalços na trilha,
A espera, armadilha.

Pra um moleque é arretado
Um brinquedo, um picolé.
Bola no gramado
Seu enredo é ser pelé.
Sol, água clara, sinuca,
Cinema, gibi,
O corpo num desafio
O açude, o rio.

Pra um moleque é legal
Um cabral,
Treco, rapa, boteco, meu chapa,
Uma garapa,
O olho grande no doce,
A sede, gulodice.

Pra um moleque é beleza
Uma cruza,
Linha dez, cerol, cola, meu caro,
Um desaforo,
O vento soprar no pique,
A pipa, o debique.


Autor(es): Ronaldo Garcia

Las canciones más vistas de

Ronaldo Garcia en Noviembre