Hidra

Pirata sem mar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pirata sem mar

Do que vale o homem sem a sua amada
Sem o seu chapéu sem a sua estrada
Do que vale a guerra sem poder vencer
Do que vale o mundo longe de você

Do que vale o escrito e não cumprido
Do que vale o tiro no peito inimigo
O feroz é lobo, o algoz é aquele mesmo moço
Que um dia foi você

Entenda os fatos que correm tranqüilos
Esqueça os boatos que ferem os ouvidos
Seria mais fácil não ter que ficar
Entre o sonho e a morte entre o gume e o ar

Do que vale os perigos desta jornada
Se eles nos dizem são cartas marcadas
Meras sombras da gloria
Meras cenas de fatos passados a limpo onde nada não há

Do que vale vela sem poder queimar
Ser guerreiro e não poder lutar
Leme e mastros atados, sem tesouro escondido
Navegar é preciso pirata sem mar.


Autor(es): Isaac Mendes