Poeta Cego

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

POETA CEGO
(Elton Domingues)

Cansado de esperar
Por sua volta,
Novas idéias
Ganham novos ideais

Loucura discreta
Não vão lhe mostrar
Qual caminho
Pra te conquistar

Segredos banais,
Ciúmes um vício,
Pense o que quiser
Se esta afim
Não vá agora

Pedaços jogados de mim,
Vagam por aí
Nunca me esqueça
Que sou um poeta cego

Sempre tive pena
De tudo que me condena
Não vou me mostrar
Um sórdido facilitador
Das coisas comuns
Que uns
E que alguns
Até não vão lhe ensinar
O segredo da vida

O mar é negro
E qual é a flor
Que encanta o seu amor?

O meu coração repleto
De sentimentos
Procura por sua cor
Um beijo e um abraço
De despedida do seu amor


Autor(es): Elton Domingues Ferreira

Las canciones más vistas de