Polícia Ou Ladrão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mim perguntaram se confio, em policia ou ladrão
Em policia só confia, quem é louco né jão
Fardados esses porcos, se acham o máximo
Esquece ate que não é super mem, pá te peito de aço
Seu papel na realidade, é protege e defende a sociedade
Porém não agem dessa maneira, e sim com requinte de crueldade
Se alto intitulam, advogado, jure e juiz
Sua sentença se cai na mão dele, é o fim
Te matam e dizem que foi troca de tiro, resistência a prisão
No outro dia você é encontrado, estirado com a cara no chão
Altas fitas dessas, já presenciei a meio metro
Da policia parceiro, não passo nem perto
Antes preveni, que remedia
Se não quero conflito, vou evitar
Quem não deve não teme, isso é verdade
Nem por isso vou da goela, par autoridade.
Por quer?
Vai que eles mim mata, só por diversão
Ir vem com desculpa, que mim confundiu com ladrão
O ditado diz!
Maldito o homem, que confia no outro
Por que ate pela sombra, você pode ser morto
Imagine por aqueles, que andam a tua cassada
Que mata e arranca seu pescoço, dando risada
Faz treinamento na catinga, pensando em você
Passa forme no mato, comendo lagarto. Imaginando quando te pegar, o que vai fazer
Por isso não confio, nesses fila da puta
Que ganham dinheiro com criança de aborto, e como cafetão de prostituta
Vendem armas roubadas, para aumenta o salário
Faz bico de ladrão, na trezentos e vinte e quatro
Pergunta respondida jao, acho que não
Por que também confio, em ladrão
Esses mentirosos, que dão entrevista na televisão
Que f azem um par de promessas, tempo de eleição
Veja só isso, mim explique como podem
Satirizar nossas vidas, como a novela das nove
Nós engana por quer sabem, que não podemos reagir
Mais minha voz esta aqui, firme e forte, par quem quiser ouvir
Nunca fui chegado em politica, nunca tive candidato
O meu voto é par se fuder, governado e deputado
Que tem conta na suíça, fazenda com cem mil cabeça de gado
Que dança reboletiom, par ganha voto dos veados
Gastam milhos em campanha, par ser presidente da nação
Enquanto na casa da mãe de família, não tem um grama de feijão
Politico no brasil só presta, pá consumi uísque e caviar
Viaja de jatinho, construí casa na beira do mar
Guarda dinheiro sujo, na meia e na cueca
Ou na calcinha da vadia, que com ele trepa
Financia, o trafico de drogas na favela
Colocando criança de 12, de fuzil na viela
Construí leis que só favorece, os ricos e poderosos
Por isso não voto, nesses anbecis mentirosos
Que quando são descobertos, renunciam o cargo
Quatro anos depois saem novamente como candidato
E a população brasileira
Esquecida fazem, a mesma besteira
E elegem novamente
Esses vampiros, que fizeram sugar o sangue da gente
Que quando esteve no poder, esqueceu das promessas que nós fez
Por isso que meu voto, e par se fude todos vocês
Então jao.
Nessa pergunta vai ficar, um interrogação
Por que não sei quem é pior, policia ou ladrão
Só sei que em nenhum deles, confio não
Os dois andam, lado a lado
Como a morte e a foice, o pecado e o diabo
Se quiser aponha-los, fique a vontade
A final cada um, assumi sua responsabilidade
Sou consciência do rap, só quero te mostra a verdade
A verdade que se esconde, por trás de toda essa pilantragem
Seja na policia ou politica, onde for
Afinal!
O mundo é um mar de espinho, não de flor
Todos nos somos guerreiros, lutando pela mesma causa
Então vida loka, ouvi minha ideia e abraça
Chega de fica de hortela, de banca o babaca
Vamos par revanche, essa é nossa cara