Protagonista Dos Sonhos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Em um mundo distante daqui
Onde os sonhos se tornam reais
Nas virtudes sem persuadir
Não há inconstância de formas vitais
É ali que a luz foi criada
Não há tempo ou distancia no berço das trevas

Em um estremo de tanto poder
Nasce tanto o bem quanto o mal
Neste enigma que forma discórdia
Que leva a sórdida conclusão final
Entretanto não chegam a nada
Finalizam vazios, sua jornada

Fragmentos, de uma guerra que nunca existiu
Desalentos de eras distantes
Conclusões erradas, sonhos desfeitos, religiões

Vestimentas de faces impregnadas
De malícias e esconderijos
Se afastaram tanto da evolução
Por ventura hoje não entendem


Autor(es): João Carlos

Canciones más vistas de