Joca Martins

Qualquer Domingo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Tá na alma de quem se chega
Entregar bem manso o coração
Doce de boca e estradeiro
O tempo inteiro, sem dizer não

Por isso toda saudade
Se "veiaqueia" logo se amansa
E eu refaço a minha tarde
Com outro mate que ela me alcança.

Enquanto eu inverno os dias
Passam tranquilos, e é bem assim...
E eu busco o sorriso dela
Lá da janela, pra junto a mim

Eu vejo nos olhos dela
Cada silêncio que a tarde tráz
E um brilho que "ás vez" se perde
Quando ela pede, que eu fique mais

Assim, por casa, somos nós dois
E um silêncio que se demora...
No mais vou tocando a vida
Lavando a erva até ela ir embora.

Qualquer domingo quando a saudade é passarinheira
É um bom motivo pro mate, junto com ela, a tarde inteira...


Autor(es): Gujo Teixeira / Joca Martins

Canciones más vistas de

Joca Martins en Abril