Quantos 1.000

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quantos mil aqui vão morrer, quantos mil aqui vão matar
Quantos aqui vão cair, quantos mil vão decolar
Tem quem tava de salto e hoje ta de chinelo
Quantos brinde pelos tonel de base no táxi aéreo
Quantos mil no rolê cocaína carreta monstra na pista
Mil lombra, mil fita, mil motivos pro 33 canta na ficha
São mil erros, mil acertos, mil derrotas, mil vitórias
Milhões de famílias que chora
Bela bala de 30, no latrô do Corolla
Pelo projétil de Falco filho levou embora
Mil motivo pra um reper gangsta derrubar porta
Milhões, mil mendigos, mil barões, mil status por cifrões
Mil jumbo de cela, mil choro na despedida
Na face lágrimas abrindo a carta na bica
Pregando a foto com sabão na jéga
Passei por lá e tive mais de mil contra mim nessa cela
De pedra, de babilônia ilusória que cega
Segue a saga rodou já era
desde os 12 me sustento do tráfico pega-pega
Tava lá erva man vendendo balinha na cela...

E quantas mil estão na fila do caos querendo solução
Uma explicação pra lágrima no chão
A libertação dessa eterna prisão que me sufoca
E quantas mil estão na fila do caos querendo solução
Uma explicação pra lágrima no chão
Ou libertação dessa eterna prisão que me sufoca...

Quantos mil mandamentos a vida impõe pra ser feliz
Quantos mil sentimentos que só uma lágrima condiz
Quantos mil serão oque quis, quantos preferiram a cruz
Quantos seguem oque a rua diz, quantos se apegam à Jesus
E quantos mil se vão na imensidão desse mundão
E eu, representante da nação de arma na mão
Crucificado não, apenas culpado por algo que o estado
Acha que é fraco quem ta do lado contrário...caráio!
Quantos mil vale o que você pensa
Quantos mil vai valer sua recompensa
Quando o dinheiro for em vão
Quando o copo d'água valer mais de um milhão
E quantos mil estão sonhando nesse momento
Com um abraço, com um beijo, com o frio, com o vento
Com conforto de Deus no coração desse detento
Que só precisa de uma chance pra provar quem é por dentro
Há...pra fazer parte dessa canção que toca
Sentir quando o coração sufoca
Eu, não to pra sobra nesse jogo doentio
Enquanto a mosca come a cobra e eu no meio de quantas mil

E quantas mil estão na fila do caos querendo solução
Ou explicação pra lágrima no chão,
A libertação dessa eterna prisão que me sufoca.
E quantas mil estão na fila do caos querendo solução
Ou explicação pra lágrima no chão,
Ou libertação dessa eterna prisão que me sufoca...


Autor(es): CTS / Duck Jay

Canciones más vistas de