Querência Serrana

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

QUERÊNCIA SERRANA
(Ivan Cláudio da Silva)

SUBI A SERRA COM MUITA ALEGRIA PRA REVER OS PAGOS DA VACARIA
REVER OS CAMPOS COBERTOS DE ORVALHO QUE A NATUREZA ATÉ HOJE CRIA
LEMBRO TAMBÉM DOS VELHOS FANDANGOS QUE SE ENTONAVAM LÁ PELAS COXILHAS
DO CANTAR DO GALO NO ROMPER DA AURORA, DO CHURRASCO GORDO FEITO DE NOVILHA


AI, AI, AI, SAUDADE GRANDE, QUASE UMA PAIXÃO
DE ESTAR REUNIDO COM A PEONADA (Refrão)
TOMANDO AQUELE AMARGO CHIMARRÃO


SAUDADE GRANDE ATÉ HOJE TENHO DAS BUENAS RODADAS DE CHIMARRÃO
DA VELHA CORDEONA CHEIA DE POEIRA, DA PEONADA E DO FOGO-DE-CHÃO
E DOS RODEIOS E DAS CAMPEREADAS, DAS CANCHAS RETAS DE CARREIRADAS
DAS LINDAS DANÇAS, DA CHIMARRITA, DO TIRO-DE-LAÇO E DA GINETEADA


(Refrão)

VELHA VACARIA, QUERÊNCIA SERRANA
PORTEIRA CRIOULA DESSE MEU RINCÃO
NO RANGER DAS RODAS DA VELHA CARRETA
RODARÁS RIO GRANDE EM RECORDAÇÃO

(Refrão)


Autor(es): Ivan Cláudio Da Silva

Canciones más vistas de