Querer de Um Querer

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Me deleitava nos braços de um belo dia
E de repente trovejou, relampejou
Olhei pro céu
Conversei com Deus naquele dia
Mas ao encontro ela não compareceu
Mas ao encontro ela não compareceu, me feriu
Será que a minha bela dama se deixou levar
Por um simples psiu psiu...(oi será!)
Será que a minha bela dama se deixou levar
Por um simples psiu psiu

Em minha mente só maldade flutuou
Pois já é normal o mal se alastrar
Sempre à frente do bem
A carência invadiu meu peito aquele instante
Mas a saudade se faz perdurar em qualquer coração
Que ama quem ficou distante

A dúvida se impôs como senhora
Se impôs como senhora
Se impôs como senhora
No querer de um querer
Sem querer ou por querer
Qualquer alma chora

Na incerteza eu dei um chega pra lá, vou esperar
Prevalecer a visão e a razão
Meu pensamento talvez avançou no tempo
Invadindo o contratempo
Nos compassos da desilusão
Mas dei valor a teu sexto sentido
Porque através dos cupidos ouvirás
As badaladas do meu coração
Mas dei valor a teu sexto sentido
Porque através dos cupidos ouvirás
As badaladas do meu coração....(a duvida!)

A dúvida se impôs como senhora
Se impôs como senhora
Se impôs como senhora
No querer de um querer
Sem querer ou por querer
Qualquer alma chora

Na incerteza eu dei um chega pra lá, vou esperar
Prevalecer a visão e a razão
Meu pensamento talvez avançou no tempo
Invadindo o contratempo
Nos compassos da desilusão
Mas dei valor a teu sexto sentido
Porque através dos cupidos ouvirás
As badaladas do meu coração
Mas dei valor a teu sexto sentido
Porque através dos cupidos ouvirás
As badaladas do meu coração....(a duvida!)

A dúvida se impôs como senhora
Se impôs como senhora
Se impôs como senhora
No querer de um querer
Sem querer ou por querer
Qualquer alma chora


Autor(es): Bandeira Brasil / Beto Sem Braço

Las canciones más vistas de

Zeca Pagodinho en Octubre