Andrea Amorim

Refratário

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Na invasão de um acaso
Me vi chorando num palácio
Olhei pra trás e lá te vi
Me recortando em pedaços
Tentei juntar as minhas peças
Mas o vento me levou
Fui para o mar, fiquei imersa
Já não sei mais onde eu estou

Estou aqui, em qualquer lugar
Estou ali, eu quero me encontrar
Então pode me deixar só
Mas me deixe inteira
Eu não preciso de você
Pra nesse mar respirar
Então pode me deixar só
Mas me deixe inteira
Eu não preciso de você
Pra nesse mundo mergulhar

Eu colei algumas partes, outras perdi
Me guardei num refratário pra não escapulir
Te encontrei encarcerado preso em si
Eu prefiro a liberdade mesmo que seja assim

Canciones más vistas de

Andrea Amorim en Octubre