Remorso Na Conciência

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você reclama que esta vida não é vida
Sempre a minha despedida
Pra você causa revolta
Fica sozinha enciumada quase louca
Quando volto para outra
Que ao sorrir me abre a porta

Por quantas vezes por deixar você chorando
Chego em casa disfarçando
Pra esconder meu desespero
Em pensamento eu te vejo amargurada
Soluçando debruçada
Sobre os dois travesseiros

E a minha esposa sem um pingo de suspeita
Ao meu lado então se deita
Me abraçando com carinho
E o seu afeto cheio de tanta inocência
Só em minha consciência
Como se fosse espinho

Las canciones más vistas de