Retranca


Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Com seu jeito matemático
Você me diz não a todo instante
Tão precisa você vai multiplicando
E tantos não, não são bastante.
Eu a amo e só queria lhe dizer
Não existe amor perfeito desse jeito
Dos dois lados da moeda
Com certeza você só conhece um...

Gostaria de morar em sua mente
E ser seu sonho preferido
Você fica na retranca
E nessa luta meu peito fica ferido
Nesse jogo ninguém será vencedor
Meu desejo sofre como um torcedor
Se eu pudesse mudaria toda a lógica
Um mais um era só um...

Um só mundo, um só leito,
Um só corpo pra gente dividir...
Um só pranto, um só peito,
Um sorriso pra gente repartir.


Autor(es): Manuelyto Caribé

Canciones más vistas de