Reggae Na Estrada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vivendo como nômade, rolando o reggae mundo afora
Correndo o corpo do planeta enquanto o tempo nos devora
Viajando sem fronteiras, pela estrada, pelos ares
Cruzando as tribos regueiras de todos lugares
Tarde de chuva breve, bruma sobre os montes
Caminho em curvas, cheiro verde, vista extasiante
Noite de lua, céu cintilante
A lua semi-nua acentua a sensação de estar distante
Eu não consigo parar de pensar
Na hora de te ver, na hora de chegar
Eu gosto do jeito que você mexe e você faz
REFRÃO
Quando " cê " dança e se balança o seu jeitinho é demais
Não importa o que dizem, o que podem pensar
Quero estar com você em todo lugar
Rio-Bahia, Criciúma, Vitória ou Guarapari
Pode ser no Japão ou então no Havaí
Caribe, Califórnia, Canadá ou Cariri
Além do horizonte, pra lá de logo ali
Manhã de tons azuis seduz a começar de novo
Jah é a luz que me conduz, a música meu consolo
Coração em fuga seguindo em nova viagem
O reggae envolve e muda, com a velocidade, a paisagem
Eu não consigo parar de pensar na hora de te ver na hora de chegar
Eu gosto do jeito que você meche você faz
Quando cê dança ,e se balança esse jeitinho é demais
Não importa o que dizem, o que podem pensar
Quero estar com você em todo lugar
Belém-Brasília, Buenos Aires, Bali, Sampa ou São Luiz
Em Cayena ou Macapá em Londres ou Paris
Descendo a serra, seguindo o litoral
No sertão ou no cerrado, Planalto Central.

Las canciones más vistas de

Tribo De Jah en Octubre