Rei da Festa

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Aqui pertinho de Santa Maria
Eu sou gaúcho também forgazão
Gosto de vê o macho galopeando
Lidar com gado é minha paixão

Mas também gosto de tocar viola
E quando eu vejo um pagode animado
Peço licença e me apresento
E na viola dou um repicado

No meu galeio a espora refine
Meu aba larga que trago na testa
Eu canto um verso e a morena fala
- Esse gaúcho é o rei da festa

Um dia uma quis fugir comigo
Mas o pai dela não deu permissão
Naquela hora eu perdi a carma
Vi dois caboclo correr do salão

Puxei do berro da minha guaiaca
Uma charqueadeira do cano cabota
Dei meia vorta no tambor do trinta
Tremeu do assoaio até nas vigota

Trouxe a morena pra morar comigo
Lá na estância ela é minha prenda
Dali uns dia veio os pais dela
Me deu de presente uma boa fazenda


Autor(es): Cravinho / José A. Franco

Las canciones más vistas de

Craveiro e Cravinho en Noviembre