DFC

Restless

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não sei como vai ser
quanto mais apanho, mais eu tento
nada me para eu não desisto
nada me para eu sou incansável

Não insisto em meus erros
me corrijo em acertos
nada me para eu não desisto
nada me para eu não me canso

Não quero ser uma vitima dos erros de ninguém
não vou pagar por coisas que eu nunca fiz
eu não sou idiota, não só vejo o presente
me lembro do passado para não errar no futuro

Confio no meu taco
nenhuma barreira me detém
me acostumei com o veneno
ele não me mata me faz bem

Não caio em armação e nenhum tipo de cilada
os invejosos estão à solta, não dou mole pra ninguém
eu não nasci pra me fuder, eu tenho meus próprios planos
sem crocodilar, sem arrogância eu vou muito longe

Confio...

O que eu quero, sei que consigo
mantendo o respeito, sei que conquisto
eu atropelo se for preciso
com tração nas minhas patas, nunca desisto!!