Safado

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meu amor não mora mais aqui
Foi só um descuido
E o rapaz sumiu
Quando a saudade dá o bote
Eu ordeno ao coração
Suporte!

Eu tô a fim de um fado
Pra amansar o meu amor safado

Hoje eu vivo só de fantasia
Não existe mais aquele carnaval
Na navegação do dia a dia
Eu perdi minha melhor poesia

Quando ele chegou de Portugal
Se tornou o meu Camões
E o meu Cabral
E nestas terras sulamericanas
Além-mar foi fundo nas entranhas

Não sei muito bem por que traí
Quando vi já era tarde...
Eu esqueci
Que esse lindo povo lusitano
É sentimental demais ...
Dançamos...


Autor(es): Renato Teixeira