Orquestra Imperial

Salamaleque

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Você que reclama da vida
Mas que não se intimida
Quando vai trabalhar
Você que não perde o sorriso
Mas não sabe o motivo
E nem quer suspeitar

Mulher
Tá virando cachaça
E eu até acho graça
Precisa se recuperar
Larga essa vida
Chuta esse balde
Joga esse prato no chão
Vira esse copo na dividida
Segue comendo com a mão

Então
Outra vez resolvido o eterno marido
Nunca perde a razão
Pois é, a favor da vontade
Não existe verdade
Quando a gente não quer

Que bom que esse peso nas costas
Que a gente não gosta
Já mora em outro lugar
Graças ao vento
Novos momentos
Ninguém ficou sem razão

Tanto pileque,
Salamaleque
Tudo que não foi em vão


Autor(es): Rubinho Jacobina

Canciones más vistas de