Os Bertussi

Sangue de Um Campeiro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Tenho sangue de um campeiro que sempre foi um bagual
Que me criou como macho pra ninguém me por buçal
Para as ordens de meu velho eu nunca neguei estribo
Me ensinou a ser sestroso, mas a confiar nos amigos

Sou assim abagualado, mas sou bueno de lidar
Se pegar em minha veia é fácil me amansar
Mas se for com falsidade acho melhor nem chegar

Me criei rachando lenha e pisando em macegas
No meio dos tucurus e nem cruzeira me pega
Tive muito pouco tempo pra tal bolita de gude
Por isso que eu sou ligeiro que nem traíra açude

Eu nunca fui enfrenado por barda de chinamona
Gosto muito de amansar uma china redomona
Sempre tive o zóio aceso como tição aporreado
O que gosto das mulheres é sentir o seu afago

Canciones más vistas de

Os Bertussi en Agosto