Ademilde Fonseca

Saudades do Rio

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Rio, uma rua, uma saudade,
Um amor, uma amizade de alguém,
Rio, não te esqueço um minuto,
Mesmo longe te escuto, és o meu bem.

Ó cidade bela, que eu sempre hei de amar,
Vivo bem longe dela e não consigo, olvidar,
Mas se algum dia voltar, será enfim,
Pra nunca te deixar,
E assim ficar, bem junto há ti.

Canciones más vistas de

Ademilde Fonseca en Diciembre